O EVANGELICALISMO DO SÉCULO XX E OS PESCADORES DE AQUÁRIO DO SÉCULO XXI

Por Marco Elias


Qual era a situação do mundo dito evangélico no inicio do século XX na América?

Na realidade parece que Deus em sua soberania costuma fazer algumas coisas diferentes ao longo da história para despertar o seu povo e imprimir novos rumos em sua caminhada rumo à pátria celestial.

Na primeira década do século XX as denominações americanas seguiam o seu curso natural, com os homens brancos do lado de dentro do templo e os negros assistindo ao culto do lado de fora, pela janela, devido às proibições e restrições sociais. A escravatura havia acabado, mas o cristianismo elitista achava aquilo um desaforo. Se algum negro tivesse a rara oportunidade de participar de um culto promovido por brancos ele o assistia do lado de fora olhando pela janela. Algumas grandes denominações evangélicas americanas com recordes de arrecadação financeira cuidavam apenas das ovelhas brancas. As ovelhas malhadas (vindas da America latina) e as ovelha morenas (filhas das ovelhas escravas provenientes da África) eram ignoradas. O apartheid americano (separação entre brancos e negros) terminou somente em 1964 (Isto é vergonhoso para uma nação dita evangélica). 

Na primeira metade do século XX os negros americanos possuíam várias restrições sociais. As mulheres evangélicas de modo geral não podiam subir ao púlpito. Por conveniência social cumpria-se à risca o texto bíblico da carta de Paulo aos Coríntios que afirma que a mulher deve estar calada na igreja, mas outras questões relacionadas com o tratamento ao próximo ordenadas por Deus em sua palavra eram descumpridas descaradamente. As famílias negras não podiam entrar nas igrejas evangélicas para famílias brancas. Com o advento do movimento pentecostal em 1906, algumas mulheres receberam o batismo com o Espirito Santo e o dom da profecia. Será que Deus errou a mão, conferindo o dom da profecia às mulheres, uma vez que elas deveriam ficar de boca fechada dentro da igreja? Percebeu-se que a Bíblia possuía todas as explicações necessárias para aquilo que estava acontecendo e as mulheres começaram a pregar a palavra de Deus, do mesmo modo que os homens, enquanto os pecadores perdidos caiam de joelhos aos pés de Cristo. Nos cultos da Azuza Street homens e mulheres cultuavam juntos, sem distinção de raça ou classe social. Isto gerou um escândalo, mas pela primeira vez era possível ver uma reunião de etnias como aquela que João viu em Apocalipse.

Houve casos de crentes que imediatamente aprenderam a exercer certos ofícios para beneficio do culto e crescimento da igreja, como uma senhora que aprendeu a tocar piano de forma instantânea, sem nunca ter estudado música (Antonio Gilberto CPAD - Revista EBD 2006 - 3º trimestre 2006 ).

Por quais motivos Deus estava fazendo isto? Creio que ELE queria dar uma lição naquele cristianismo metódico que ainda pensava na escravatura, do mesmo modo que os israelitas no deserto choravam pelas panelas de carne do Egito.

Que o caro leitor perdoe a minha franqueza, mas quando eu vejo certos teólogos e pregadores - cessacionistas - deterministas - americanos pregando seus famosos “sermões impactantes” em terras brasileiras, lembro-me apenas que eles são os filhos dos grandes escravocratas do passado e que a herança que querem me oferecer é o legado de segregação e de apostasia de seus pais, fantasiado de evangelho. Não conseguiram travar a apostasia da PCUSA e suas parceiras e querem ensinar cristianismo aos incautos pentecostais brasileiros, oferecendo-lhes uma teologia parasitária (►Confira).

Mulheres e adolescentes fazem protesto contra a integração na escola elementar William Franz, em 15 de novembro de 1960. O cartaz no canto direito diz: "Tudo que eu quero ganhar neste Natal é uma escola branca e limpa".

Que cada cristão releia a história do evangelho em terras brasileiras, antes de dar ouvidos aos pregadores que nunca entraram em uma favela para pregar a palavra. Que cada adepto do movimento cessacionista lave a boca com água e com bastante sabão quando fizer referência ao movimento pentecostal, não pelas besteiras que andam fazendo na atualidade, mas pelos grandes serviços prestados à nação brasileira no passado. Temos um país evangelizado, graças a ELES e não graças aos “pregadores -  conferencistas - youtubeiros - pescadores de aquários - da ultima hora”.

Que Deus nos abençoe!

A pessoa de Cristo (1) A.W. Tozer (3) aborto (1) Abraão (2) adventismo (2) adversário (1) Ágape (1) Agostinho (2) águas (1) Albânia (1) Além da Letra (2) alforria (1) aliança (1) Amor (1) Anjos (1) Antigo testamento (1) Antonio Gilberto (2) apocalipse (3) apologética (2) apostasia (1) arminianismo (5) Arrebatamento (2) arrependimento (1) Àsia (1) Ásia Central (1) Assembléia de Deus (2) Auschwitz (1) autoridade (1) Auxílio ao Obreiro (1) avião (1) batatas (1) Batismo com Espirito Santo (2) batismo com Espírito Santo (1) batismo infantil (1) batismo no Espirito Santo (1) BBC (1) bebida alcoólica (2) Ben Gurion (1) Bençãos (1) besta (1) bíblia sagrada (2) Bíblia x Ciência (1) Biblicamente (2) bibliologia (1) Billy Graham (1) Blog Belverede (1) bois (1) brecha (1) Brenda B. Colijn (1) Bruno Rocha (1) calvário (1) CALVINISMO (25) calvinistas (1) Calvino (4) cananeus (1) carpinteiro (1) carta (1) carta de Judas (1) casamento (1) Castellion (1) certo (1) cerveja (1) cessacionismo (4) Ciro Zibordi (12) clamor (1) Claudionor de Andrade (2) colheita (1) comportamento (5) confraria pentecostal (1) Conhecimento (1) continuismo (1) conversão (1) convite (2) Corpo de Cristo (1) CPAD (1) cristãos (1) cristianismo (3) cruz (1) Daladier Lima (3) Dan Corner (1) Daniel Santos (31) Dave Hunt (2) Davi (1) David Botelho (5) David Cloud (1) Deus Conosco (1) devocional (6) diaconisas (1) diálogo (1) dizimo (1) dízimo (2) domingo (1) Dons Espirituais (13) Douglas Batista (1) Doutrina Pentecostal (1) Doxologia (1) eleição (3) Elias (1) Elisabeth I (1) Eliseu Antonio Gomes (1) Eliseu Gomes (2) enganador (1) ensino (1) equívocos religiosos (2) errado (1) erudição (1) escórias (1) escravatura (4) Esmirna (2) estudos de domingo (1) eternidade (1) ética cristã (1) EUA (1) evangelho (5) evangelicalismo (1) evangelismo (1) exegese (1) Experiência (1) expressões idiomáticas (1) família (4) família Cristã (3) fariseus (1) (2) felicidade (1) Festa da dedicação (1) ficção (1) filmes (1) filosofia (4) fim (1) Flip Benham (1) fonte (2) fortalecimento (1) fundidor (1) Gálatas (1) graça (4) grupo de estudos (1) Gunnar Vingren (1) Habacuc (1) herege (1) heresia (4) heresias (2) Hernandes Lopes (1) história (3) história eclesiástica (3) igreja (4) igreja brasileira (3) Igreja Fiel (4) igreja primitiva (1) Imael Brito (1) imperialismo (1) Inglaterra (1) interpretação (3) investigação (4) Isaías (2) Islamismo (1) Israel (4) Jerusalém (1) João Cruzué (1) Josenilson Félix (8) Jourdon Anderson (1) jugo desigual (1) juízo (1) Julgamento (2) Keith Coward (1) Kelem Gaspar (1) leitura (1) leões (1) liberalismo teológico (1) linguagem cristã (1) Línguas estranhas (4) livramento (1) livre-arbítrio (11) livro da vida (1) Luciano Subirá (2) Lutero (4) maçã (1) madrugada (2) Marcelo Lyrio (3) Marco Elias (37) marxismo (1) matrimônio (1) Max Lucado (1) Melquisedeque (2) Menno Simons (1) milagre (2) ministério (2) ministério feminino (2) missionários (1) missões (10) missões transculturais (1) mitos (1) Moisés (1) morte de Cristo (2) mulher (1) mulheres (2) Mundanismo (2) muro (1) Natal (2) nazismo (1) Nietzsche (1) noiva (1) Norman Geisler (2) Noruega (1) novo testamento (2) Obreiro Aprovado (1) Oração (5) Oriente Médio (1) ovelha (1) Palavra (3) palavra revelada (5) palha (1) pão (1) parlamento (1) pastor (1) pastores (1) Paulo Junior (1) paz (1) Pecado (2) pedobatismo (1) peixe (1) pentecostais (2) Pentecostalismo (3) perdão (1) perseguição (1) perseguições (1) personagens (1) piedade (1) pobre (1) prata (1) Predestinação (7) pregação expositiva (3) pregadores (1) Pródigo (1) Profecia (6) profecias (1) Promessas (1) questionamentos (5) razão (1) razão humana (2) recenseamento (1) Reforma Protestante (5) refugiados (1) Relacionamento (1) religião (1) religiosidade (1) remédio (1) renovados (1) repreensão (1) retórica (1) revelação (8) rico (1) sábado (2) sabedoria (1) sacerdote (1) sacrifício de Jesus (2) salmos (2) Salvação (13) Samoa (1) Sandro L. Oliveira (1) sangue de Jesus (2) santidade (1) Santificação (1) satélite (1) século XX (1) Século XXI (1) serpente (1) Silas Daniel (1) simplicidade (1) sinais (1) sinais do fim (1) Sinédrio (1) soberania de Deus (2) Sofia Müller (1) sola scriptura (1) soldado (1) soteriologia (6) Spurgeon (3) Susanna Wesley (1) Templo (1) Teologia (11) Teologia Pentecostal (1) terrorismo (1) terroristas (2) testemunho (1) Tiago Rosas (4) titanic (1) Tony Sousa (2) trigo (1) Vale (1) verdade (1) Versículos Bíblicos (1) vida (1) vida cristã (12) vídeo (2) vídeos (1) vinha (2) vinho (1) visão (1) whatsapp (1)