O LENÇO DO CARPINTEIRO

Por Marco Elias


Há um belo sermão que já foi pregado em diversos púlpitos denominacionais pelo Brasil afora, o qual tem sido questionado como espúrio. Nas próximas linhas apresentaremos o sermão e investigaremos o assunto.

SERMÃO EM JOÃO 20:7

“O lenço dobrado tem a ver com o Amo e o Servo, e todo menino Judeu conhecia essa tradição. Quando o Servo colocava a mesa de jantar para o seu Amo, ele buscava ter certeza em fazê-lo exatamente da maneira que seu Amo queria. A mesa era colocada ao gosto de seu Amo e, o Servo esperava fora da visão Dele, até que o mesmo terminasse a refeição. O Servo não podia se atrever nunca, a tocar na mesa antes que o Amo tivesse terminado a sua refeição. Diz a tradição que ao terminar a refeição, o Amo se levantava, limpava os dedos, a boca, a sua barba, e embolava o lenço e o jogava sobre a mesa. Naquele tempo o lenço embolado queria dizer: "Eu terminei". No entanto, se o Amo se levantasse e deixasse o lenço dobrado ao lado do prato, o Servo jamais ousaria tocar na mesa porque, o lenço dobrado queria dizer: "Eu voltarei!".

Parece que este belo sermão (acima resumido) começou a ser pregado nos EUA por volta do ano de 2007. Tão logo o sermão se espalhou, os evangélicos cessacionistas encontraram mais um motivo para acusar outros cristãos de serem dados às fábulas. Alegou-se a inexistência do costume mencionado no sermão na tradição judaica, afirmando também que o mesmo não passaria de uma "farsa piedosa". 
RESULTADO ANTECIPADO

Este tipo de mentira fantasiada de sermãocostuma ser criada também por militantes de movimentos de oposição ao cristianismo, com o intuito de denegrir a imagem dos evangélicos perante a sociedade. O tipo de crente que acredita em qualquer informação sem checar a fonte antes de retransmiti-la, não possui criatividade para elaborar este tipo de farsa. Após o sermão emplacar ou ser publicado nas redes sociais, aqueles que o plantaram surgem como acusadores daqueles que espalham a mentira que eles plantaram.

O erro fatal do escritor anônimo foi criar um roteiro teatralem torno do uso do lenço como objeto de interação entre o servo e o senhor da casa. Não existem registros deste tipo de ocorrência na história judaica. O sermão é uma farsa, mas a nossa pesquisa sobre o assunto gerou novas descobertas e um sermão verdadeiro, corrigindo o falso.

O MUNDO GRECO-ROMANO NA PALESTINA

Sem querer o farsante anônimo apresenta intrínseca à sua narrativa o lembrete para o fato histórico que havia silencio total por parte do escravo que apenas observava as necessidades do seu senhor. Este não era um costume judeu, mas sim um costume dos senhores de escravos da cultura greco-romana que dominava a palestina no tempo de Jesus. O filósofo Seneca nos conta que o escravo deveria ficar em silêncio diante do seu senhor no momento das refeições. Certamente existiriam outros signos comunicativos para que este dialogasse com o seu senhor o mínimo possível que se fizesse necessário. Estes fatos pesquisados não diminuem a farsa e não servem para legitimar o sermão, todavia denotam o quanto o evangelho de Cristo é capaz de transformar a sociedade e a realidade humana, a ponto de um nobre romano rebaixar-se à posição de um escravo. Confira abaixo.
CONSTRUINDO UM SERMÃO VERDADEIRO COM O TEXTO OBJETO DA INVESTIGAÇÃO

“Bem como o lenço que estivera sobre a cabeça de Jesus. Ele estava dobrado à parte, separado das faixas de linho” - João 20:7 – NVI

Pelo texto conclui-se que Cristo queria deixar algum recado para seus discípulos naquela cena. Este é o ponto principal a ser abordado. O lenço ou Σουδάριον" (sudarion) - "pano de suor," vários tipos de pano de linho, toalha, lenço.


O Livro de Sigmund Brouwer, The Carpenter’s Cloth (O pano do carpinteiro), nos conta que os carpinteiros e trabalhadores manuais da palestina do primeiro século mantinham um pano à mão para enxugar seu suor enquanto trabalhavam. Pelo fato de serem analfabetos em sua maior parte, não podiam deixar uma fatura ou uma nota a seus clientes quando um projeto foi terminado, por isso era uma tradição comum para significar um contrato concluído, deixar esse pano sobre ou perto do trabalho, cuidadosamente dobrado. Era uma forma delicada de dizer, "eu completei o trabalho." As promessas se cumprirão é como se ele tivesse dito “Eu voltarei para receber o que é meu!”. Fomos comprados por um alto e bom preço!

Glória ao pai, ao Filho e ao Espirito Santo!


BIBLIOGRAFIA
► Schottroff, Luise - As parábolas de Jesus: uma nova hermenêutica - https://books.google.com.br/books?id=gF5m4YzXJ_QC
► OLIVEIRA, Anacleto e OLIVEIRA, Rogério P. - O cristianismo e a escravatura no império romano.
https://drive.google.com/file/d/0Bxva04kfyFnpZ2xRd2NfWk1fWDQ/view
► Timothy Friberg et al., vol. 4, Analytical Lexicon of the Greek New Testament (Baker's Greek New Testament Library, Grand Rapids, Mich.: Baker Books, 2000), 227.
► Sigmund Brouwer  - The Carpenter's Cloth: Christ's Journey to the Cross and Beyond - 1998.
► Bíblia Sagrada NVI – Sociedade Bíblica do Brasil.  
A pessoa de Cristo (1) A.W. Tozer (3) aborto (1) Abraão (2) adventismo (2) adversário (1) Ágape (1) Agostinho (2) águas (1) Albânia (1) Além da Letra (2) alforria (1) aliança (1) Amor (1) Anjos (1) Antigo testamento (1) Antonio Gilberto (2) apocalipse (3) apologética (2) apostasia (2) arminianismo (5) Arrebatamento (2) arrependimento (1) Àsia (1) Ásia Central (1) Assembléia de Deus (2) Auschwitz (1) autoridade (1) Auxílio ao Obreiro (1) avião (1) batatas (1) Batismo com Espirito Santo (2) batismo com Espírito Santo (1) batismo infantil (1) batismo no Espirito Santo (1) BBC (1) bebida alcoólica (2) Ben Gurion (1) Bençãos (1) besta (1) bíblia sagrada (2) Bíblia x Ciência (1) Biblicamente (2) bibliologia (1) Billy Graham (1) Blog Belverede (1) bois (1) brecha (1) Brenda B. Colijn (1) Bruno Rocha (1) calvário (1) CALVINISMO (24) calvinistas (1) Calvino (4) cananeus (1) carpinteiro (1) carta (1) carta de Judas (1) casamento (1) Castellion (1) certo (1) cerveja (1) cessacionismo (4) Ciro Zibordi (12) clamor (1) Claudionor de Andrade (2) colheita (1) comportamento (5) confraria pentecostal (1) Conhecimento (1) continuismo (1) conversão (1) convite (2) Corpo de Cristo (1) CPAD (1) cristãos (1) cristianismo (3) cruz (1) Daladier Lima (3) Dan Corner (1) Daniel Santos (30) Dave Hunt (2) Davi (1) David Botelho (5) David Cloud (1) Deus Conosco (1) devocional (6) diaconisas (1) diálogo (1) dizimo (1) dízimo (2) domingo (1) Dons Espirituais (13) Douglas Batista (1) Doutrina Pentecostal (1) Doxologia (1) eleição (3) Elias (1) Elisabeth I (1) Eliseu Antonio Gomes (1) Eliseu Gomes (2) enganador (1) ensino (1) equívocos religiosos (2) errado (1) erudição (1) escórias (1) escravatura (4) Esmirna (2) eternidade (1) ética cristã (1) EUA (1) evangelho (5) evangelicalismo (1) evangelismo (1) exegese (1) Experiência (1) expressões idiomáticas (1) família (4) família Cristã (3) fariseus (1) (2) felicidade (1) Festa da dedicação (1) ficção (1) filmes (1) filosofia (4) fim (1) Flip Benham (1) fonte (2) fortalecimento (1) fundidor (1) Gálatas (1) graça (4) grupo de estudos (1) Gunnar Vingren (1) Habacuc (1) Hebreus (1) herege (1) heresia (4) heresias (2) Hernandes Lopes (2) história (3) história eclesiástica (3) igreja (4) igreja brasileira (3) Igreja Fiel (4) igreja primitiva (1) Imael Brito (1) imperialismo (1) Inglaterra (1) Institutas (1) interpretação (3) investigação (4) Isaías (2) Islamismo (1) Israel (3) Jerusalém (1) João Cruzué (1) John Wesley (1) Josenilson Félix (8) Jourdon Anderson (1) jugo desigual (1) juízo (1) Julgamento (2) Keith Coward (1) Kelem Gaspar (1) leitura (1) leões (1) liberalismo teológico (1) linguagem cristã (1) Línguas estranhas (4) livramento (1) livre-arbítrio (11) livro da vida (1) Luciano Subirá (2) Lutero (4) maçã (1) madrugada (2) Marcelo Lyrio (3) Marco Elias (37) marxismo (1) matrimônio (1) Max Lucado (1) Melquisedeque (2) Menno Simons (1) milagre (2) ministério (2) ministério feminino (2) missionários (1) missões (10) missões transculturais (1) mitos (1) Moisés (1) morte de Cristo (2) mulher (1) mulheres (2) Mundanismo (2) muro (1) Natal (2) nazismo (1) Nietzsche (1) noiva (1) Norman Geisler (2) Noruega (1) novo testamento (2) Obreiro Aprovado (1) Oração (5) Oriente Médio (1) ovelha (1) Palavra (3) palavra revelada (5) palha (1) pão (1) parlamento (1) pastor (1) pastores (1) Paulo Junior (1) paz (1) Pecado (2) pedobatismo (1) peixe (1) pentecostais (2) Pentecostalismo (3) perdão (1) perseguição (1) perseguições (1) personagens (1) piedade (1) pobre (1) prata (1) Predestinação (7) pregação expositiva (2) pregadores (1) Pródigo (1) Profecia (5) profecias (1) Promessas (1) questionamentos (5) razão (1) razão humana (2) recenseamento (1) Reforma Protestante (5) refugiados (1) Relacionamento (1) religião (1) religiosidade (1) remédio (1) renovados (1) repreensão (1) retórica (1) revelação (7) rico (1) sábado (2) sabedoria (1) sacerdote (1) sacrifício de Jesus (2) salmos (2) Salvação (12) Samoa (1) Sandro L. Oliveira (1) sangue de Jesus (2) santidade (1) Santificação (1) satélite (1) século XX (1) Século XXI (1) serpente (1) Silas Daniel (1) simplicidade (1) sinais do fim (1) soberania de Deus (2) Sofia Müller (1) sola scriptura (1) soldado (1) soteriologia (5) Spurgeon (3) Susanna Wesley (1) Teologia (11) Teologia Pentecostal (1) terrorismo (1) terroristas (2) testemunho (1) Tiago Rosas (4) titanic (1) Tony Sousa (2) trigo (1) Vale (1) verdade (1) Versículos Bíblicos (1) vida (1) vida cristã (12) vídeo (1) vídeos (1) vinha (2) vinho (1) whatsapp (1)