JESUS A FONTE DAS ÁGUAS VIVAS

Por Josenilson Félix

 

Objetivo: Entender que Jesus é o único que pode purificar ao homem dos seus pecados. 

Texto: "E aquilo sobre o que cair alguma parte de seu corpo morto, será imundo; o forno e o vaso de barro serão quebrados; imundos são: portanto vos serão por imundos." 

"Porém a fonte ou cisterna, em que se recolhem águas, será limpa, mas quem tocar no seu cadáver será imundo." 
 Levítico 11:35-36

Introdução:

Quando lemos o livro de levitico é fundamental que entendamos que esse livro é a continuação do livro de Êxodo.

Êxodo significa saída. Mostra o propósito do chamado do Senhor que é retirar o seu povo desse mundo. É interessante que em seguida vem o livro de levitico que fala das leis e sacrifícios, a forma como o povo deveria se relacionar com Deus. 


"E CHAMOU o SENHOR a Moisés, e falou com ele da tenda da congregação, dizendo:" Levítico 1:1 

Essa expressão que encontramos no ínicio do capítulo 1:1 de Levítico, “disse mais o Senhor a Moisés” se repete por 56 vezes em todo o livro. Para nos ensinar que Deus quer falar com o Homem. Como é maravilhoso sabermos que o Senhor que se relacionar com conosco. 

É essencial para uma melhor compressão do livro de Levítico que é o terceiro livro do pentateuco que seja lido em paralelo com livro aos Hebreus. Porque há uma conexão profética entre ambos e um leva o entendimento ao outro. 

O livro de Levitico dedica 4 capítulos. Os capítulos 11 ao 15. Que fala das leis relativas à purificação Cerimonial: 

► A Impureza Cerimonial causada por Animais, 11.1-47 

► A Impureza Cerimonial causada pelo Parto, 12.1-8 

► A Impureza Cerimonial causada pela Lepra, 13.1—14.57 

► A Impureza Cerimonial causada por Fluxos, 15.1-33 

A impureza cerimonial implicava que as pessoas que estavam impuras por vários motivos conforme a lei não podiam entrar no santuário para adorar a Deus e nem tocar nas coisas santas. 

Profeticamente aponta para a condição do homem longe de Deus. Ele está impuro devido o Pecado. 

Desenvolvimento

A descrição bíblica do texto que lemos é bem clara em mostrar que tudo aquilo que tocava no impuro se tornava impuro. 

Há um detalhe muito interessante que está implícito no texto em que lemos que havia só uma única coisa que podia tocar no corpo morto ( impuro) e não ficava impuro. 

Tudo sobre o que a carcaça de um animal caísse ficava impuro, exceto uma fonte de água corrente.

O que representa essa água e a sua aplicação profética para os nossos dias? 

A Palavra de Deus afirma que o Velho Testamento é sombra das coisas futuras. 

"PORQUE tendo a lei a sombra dos bens futuros, e não a imagem exata das coisas, nunca, pelos mesmos sacrifícios que continuamente se oferecem cada ano, pode aperfeiçoar os que a eles se chegam." Hebreus 10:1 

Aplicação profética: 

Jesus, o Messias o Filho de Deus é a fonte de água viva. Deixou a glória no céu para ser Homem e tocar na podridão da humanidade, sem ficar conspurcado. Tocou no que era impuro, que se tornou puro, enquanto ele permanecia puro. 

A um exemplo que está relacionado profeticamente com texto no novo testamento. 

Porque há uma conexão profética ente Levitico 11:35-37 e Marcos 1:40-42.

"E aproximou-se dele um leproso que, rogando-lhe, e pondo-se de joelhos diante dele, lhe dizia: Se queres, bem podes limpar-me." Mc. 1:40 

No tempo de Jesus havia muitos leprosos em Israel. Sendo uma doença altamente contagiosa, a lei exigia que os leprosos vivessem isolados ( Leviticos 13:45-46). Desde modo eles eram excluídos da vida social, o que implicava uma proibição de adorar no templo. Assim viviam em comunidades fora das cidades. 

A lei dizia que tocar um impuro fazia que a pessoa se tornasse impuras. Por isso os leprosos eram "os intocáveis". 

Se alguém visse um leproso aproximar-se, começava logo atirando pedras para obriga-lo a afastar-se. Assim eram rejeitados e desprezados.


"E Jesus, movido de grande compaixão, estendeu a mão, e tocou-o, e disse-lhe: Quero, sê limpo." Mc.1:41 

Atitude de Jesus foi completamente diferente das demais pessoas para aquele leproso.

Jesus foi o único que não correu e nem jogou pedras. Jesus foi movido de grande compaixão pelo o homem. Estendeu a mão e tocou-lhe . A Palavra Grega usada significa mais do que um breve contato por acaso. Jesus segurou o homem.

A tradição judaica dizia que quando o Messias viesse, um dos sinais seria a cura de leprosos.

"E, tendo ele dito isto, logo a lepra desapareceu, e ficou limpo." Mc. 1: 42 

A bênção que aquele leproso recebeu foi além de um cura física. Foi purificado para poder de novo fazer parte do povo de Deus e juntar-se aos outros na adoração no templo.

O Evangelho de Marcos mostra o toque de Jesus pode fazer em favor do homem necessitado. Vejamos alguns exemplos do toque de Jesus.

Tocando os leprosos e curando;
Tocando alguém cego e dando-lhe vista;
Tocando alguém morto e dando lhe vida.

Conclusão

Jesus a fonte das Águas vivas veio com o propósito de salvar e, curar a alma do homem para restaura-lo a comunhão com Deus.


Diácono: Josenilson Félix

A pessoa de Cristo (1) A.W. Tozer (3) aborto (1) Abraão (2) adventismo (2) adversário (1) Ágape (1) Agostinho (2) águas (1) Albânia (1) Além da Letra (2) alforria (1) aliança (1) Amor (1) Anjos (1) Antigo testamento (1) Antonio Gilberto (2) apocalipse (3) apologética (2) apostasia (1) arminianismo (5) Arrebatamento (2) arrependimento (1) Àsia (1) Ásia Central (1) Assembléia de Deus (2) Auschwitz (1) autoridade (1) Auxílio ao Obreiro (1) avião (1) batatas (1) Batismo com Espirito Santo (2) batismo com Espírito Santo (1) batismo infantil (1) batismo no Espirito Santo (1) BBC (1) bebida alcoólica (2) Ben Gurion (1) Bençãos (1) besta (1) bíblia sagrada (2) Bíblia x Ciência (1) Biblicamente (2) bibliologia (1) Billy Graham (1) Blog Belverede (1) bois (1) brecha (1) Brenda B. Colijn (1) Bruno Rocha (1) calvário (1) CALVINISMO (25) calvinistas (1) Calvino (4) cananeus (1) carpinteiro (1) carta (1) carta de Judas (1) casamento (1) Castellion (1) certo (1) cerveja (1) cessacionismo (4) Ciro Zibordi (12) clamor (1) Claudionor de Andrade (2) colheita (1) comportamento (5) confraria pentecostal (1) Conhecimento (1) continuismo (1) conversão (1) convite (2) Corpo de Cristo (1) CPAD (1) cristãos (1) cristianismo (3) cruz (1) Daladier Lima (3) Dan Corner (1) Daniel Santos (31) Dave Hunt (2) Davi (1) David Botelho (5) David Cloud (1) Deus Conosco (1) devocional (6) diaconisas (1) diálogo (1) dizimo (1) dízimo (2) domingo (1) Dons Espirituais (13) Douglas Batista (1) Doutrina Pentecostal (1) Doxologia (1) eleição (3) Elias (1) Elisabeth I (1) Eliseu Antonio Gomes (1) Eliseu Gomes (2) enganador (1) ensino (1) equívocos religiosos (2) errado (1) erudição (1) escórias (1) escravatura (4) Esmirna (2) estudos de domingo (1) eternidade (1) ética cristã (1) EUA (1) evangelho (5) evangelicalismo (1) evangelismo (1) exegese (1) Experiência (1) expressões idiomáticas (1) família (4) família Cristã (3) fariseus (1) (2) felicidade (1) Festa da dedicação (1) ficção (1) filmes (1) filosofia (4) fim (1) Flip Benham (1) fonte (2) fortalecimento (1) fundidor (1) Gálatas (1) graça (4) grupo de estudos (1) Gunnar Vingren (1) Habacuc (1) herege (1) heresia (4) heresias (2) Hernandes Lopes (1) história (3) história eclesiástica (3) igreja (4) igreja brasileira (3) Igreja Fiel (4) igreja primitiva (1) Imael Brito (1) imperialismo (1) Inglaterra (1) interpretação (3) investigação (4) Isaías (2) Islamismo (1) Israel (4) Jerusalém (1) João Cruzué (1) Josenilson Félix (8) Jourdon Anderson (1) jugo desigual (1) juízo (1) Julgamento (2) Keith Coward (1) Kelem Gaspar (1) leitura (1) leões (1) liberalismo teológico (1) linguagem cristã (1) Línguas estranhas (4) livramento (1) livre-arbítrio (11) livro da vida (1) Luciano Subirá (2) Lutero (4) maçã (1) madrugada (2) Marcelo Lyrio (3) Marco Elias (37) marxismo (1) matrimônio (1) Max Lucado (1) Melquisedeque (2) Menno Simons (1) milagre (2) ministério (2) ministério feminino (2) missionários (1) missões (10) missões transculturais (1) mitos (1) Moisés (1) morte de Cristo (2) mulher (1) mulheres (2) Mundanismo (2) muro (1) Natal (2) nazismo (1) Nietzsche (1) noiva (1) Norman Geisler (2) Noruega (1) novo testamento (2) Obreiro Aprovado (1) Oração (5) Oriente Médio (1) ovelha (1) Palavra (3) palavra revelada (5) palha (1) pão (1) parlamento (1) pastor (1) pastores (1) Paulo Junior (1) paz (1) Pecado (2) pedobatismo (1) peixe (1) pentecostais (2) Pentecostalismo (3) perdão (1) perseguição (1) perseguições (1) personagens (1) piedade (1) pobre (1) prata (1) Predestinação (7) pregação expositiva (3) pregadores (1) Pródigo (1) Profecia (6) profecias (1) Promessas (1) questionamentos (5) razão (1) razão humana (2) recenseamento (1) Reforma Protestante (5) refugiados (1) Relacionamento (1) religião (1) religiosidade (1) remédio (1) renovados (1) repreensão (1) retórica (1) revelação (8) rico (1) sábado (2) sabedoria (1) sacerdote (1) sacrifício de Jesus (2) salmos (2) Salvação (13) Samoa (1) Sandro L. Oliveira (1) sangue de Jesus (2) santidade (1) Santificação (1) satélite (1) século XX (1) Século XXI (1) serpente (1) Silas Daniel (1) simplicidade (1) sinais (1) sinais do fim (1) Sinédrio (1) soberania de Deus (2) Sofia Müller (1) sola scriptura (1) soldado (1) soteriologia (6) Spurgeon (3) Susanna Wesley (1) Templo (1) Teologia (11) Teologia Pentecostal (1) terrorismo (1) terroristas (2) testemunho (1) Tiago Rosas (4) titanic (1) Tony Sousa (2) trigo (1) Vale (1) verdade (1) Versículos Bíblicos (1) vida (1) vida cristã (12) vídeo (2) vídeos (1) vinha (2) vinho (1) visão (1) whatsapp (1)