ESMIRNA, EXALANDO SALVAÇÃO

POR DANIEL SANTOS


“Propôs-lhes outra parábola, dizendo: O reino dos céus é semelhante ao homem que semeia a boa semente no seu campo;
Mas, dormindo os homens, veio o seu inimigo, e semeou joio no meio do trigo, e retirou-se.
E, quando a erva cresceu e frutificou, apareceu também o joio.
E os servos do pai de família, indo ter com ele, disseram-lhe: Senhor, não semeaste tu, no teu campo, boa semente? Por que tem, então, joio?
E ele lhes disse: Um inimigo é quem fez isso. E os servos lhe disseram: Queres pois que vamos arrancá-lo?
Ele, porém, lhes disse: Não; para que, ao colher o joio, não arranqueis também o trigo com ele.
Deixai crescer ambos juntos até à ceifa; e, por ocasião da ceifa, direi aos ceifeiros: Colhei primeiro o joio, e atai-o em molhos para o queimar; mas, o trigo, ajuntai-o no meu celeiro”.
(Mateus 13:24-30)

E ao anjo da igreja em Esmirna, escreve: Isto diz o primeiro e o último, que foi morto, e reviveu:
Conheço as tuas obras, e tribulação, e pobreza (mas tu és rico), e a blasfêmia dos que se dizem judeus, e não o são, mas são a sinagoga de Satanás.
Nada temas das coisas que hás de padecer. Eis que o diabo lançará alguns de vós na prisão, para que sejais tentados; e tereis uma tribulação de dez dias. Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida.
Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: O que vencer não receberá o dano da segunda morte.
(Apocalipse 2:8-11)

À guisa de introdução, queremos deixar registrado a nossa finalidade com esta singela contribuição.
Trabalharemos com -aforismas- que indicam a consonância que há entre a parábola (joio em meio ao trigo) e a carta aos crentes de Esmirna, evidenciando o plano soteriológico.

PARÁBOLA
"O reino dos céus é semelhante ao homem que semeia a boa semente no seu campo"
CARTA
"Isto diz o primeiro e o último, que foi morto, e reviveu"
Através do sangue do Senhor Jesus; a igreja germina neste mundo com um só propósito: dar frutos para a eternidade.
"O reino dos céus só tem eficácia quando o reino de Deus (Espírito Santo) é operado na vida da igreja."

PARÁBOLA
"Mas, dormindo os homens, veio o seu inimigo, e semeou joio no meio do trigo, e retirou-se"
CARTA
"Conheço as tuas obras, e tribulação, e pobreza (mas tu és rico), e a blasfêmia dos que se dizem judeus, e não o são, mas são a sinagoga de Satanás"
Quando em nós é plantada a boa semente da salvação, é natural que o homem adormeça e consequentemente o inimigo se desperta para se impor.
Tudo aquilo que possuímos não são mais prioridades, e passamos a enxergar a nossa pobreza diante das riquezas de Deus.
Uma dessas riquezas é a nossa instrumentalidade; obras provenientes da salvação do Senhor. É nestas manifestações que o adversário intentará para que os frutos não sejam puros, perdendo assim sua eficácia.

 PARÁBOLA
"E, quando a erva cresceu e frutificou, apareceu também o joio.
E os servos do pai de família, indo ter com ele, disseram-lhe: Senhor, não semeaste tu, no teu campo, boa semente?
E ele lhes disse: Um inimigo é quem fez isso. E os servos lhe disseram: Queres pois que vamos arrancá-lo?"
CARTA
"Nada temas das coisas que hás de padecer. Eis que o diabo lançará alguns de vós na prisão, para que sejais tentados; e tereis uma tribulação de dez dias. Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida"
A igreja vive seus últimos dias sobre esta terra; e não podemos nos desviar do nosso foco.
A Obra de Deus agindo dinamicamente em nós, é prova que a obra de Satanás está sendo vencida. Neste paralelismo encontramos as duas principais brechas que Satanás se infiltra:

> AGRESSÃO AO CORPO DE CRISTO
"Apareceu também o joio" A proliferação de ímpios no meio do rebanho de Deus tem sido uma maneira que o adversário encontrou para induzir os frágeis a rebelião; com isso, manchar a noiva do Cordeiro.
> AGRESSÃO A MEMBROS EM PARTICULAR
"Eis que o diabo lançará alguns de vós na prisão, para que sejais tentados"
As setas são lançadas para aprisionar o crente; limitando-o para que seu trabalho não tenha frutos.

PARÁBOLA
"Mas, o trigo, ajuntai-o no meu celeiro"
CARTA
"Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: O que vencer não receberá o dano da segunda morte"
As perseguições são muitas, o inimigo de nossas almas tem usado todos os seus recursos para impedir que a igreja entre no celeiro de Deus.
A promessa é gloriosa!

Cabe a nós, apenas dá ouvidos à vontade daquele que nos chamou para a vida, ou melhor, a "Vida em Abundância".

Fonte imagem:http://ministeriodeadoracaodespertai.blogspot.com.br/2013/03/estudo-sobre-oleo-de-uncao.html?m=1

0 comentários:

Postar um comentário

Marcadores

A.W. Tozer (3) aborto (1) Abraão (2) adversário (1) Ágape (1) Agostinho (2) Albânia (1) Amor (1) Anjos (1) Antigo testamento (1) Antonio Gilberto (2) apocalipse (3) apostasia (1) arminianismo (5) Arrebatamento (1) arrependimento (1) Àsia (1) Ásia Central (1) Assembléia de Deus (2) Batismo com Espirito Santo (2) batismo com Espírito Santo (1) batismo infantil (1) batismo no Espirito Santo (1) bebida alcoólica (2) Ben Gurion (1) bíblia sagrada (1) Biblicamente (1) Billy Graham (1) Blog Belverede (1) Brenda B. Colijn (1) CALVINISMO (24) calvinistas (1) Calvino (4) cananeus (1) carta de Judas (1) casamento (1) Castellion (1) certo (1) cerveja (1) cessacionismo (3) Ciro Zibordi (12) Claudionor de Andrade (1) colheita (1) comportamento (5) confraria pentecostal (1) Conhecimento (1) continuismo (1) conversão (1) Corpo de Cristo (1) CPAD (1) cristãos (1) cristianismo (3) Cristo (1) cruz (1) Daladier Lima (3) Dan Corner (1) Daniel Santos (28) Dave Hunt (2) David Botelho (5) David Cloud (1) Deus Conosco (1) devocional (6) diálogo (1) dizimo (1) dízimo (2) Dons Espirituais (9) Douglas Batista (1) Doutrina Pentecostal (1) eleição (3) Elias (1) Eliseu Antonio Gomes (1) Eliseu Gomes (2) enganador (1) ensino (1) equívocos religiosos (2) errado (1) erudição (1) escórias (1) Esmirna (2) EUA (1) evangelho (4) evangelicalismo (1) Experiência (1) expressões idiomáticas (1) família (4) família Cristã (3) (2) felicidade (1) Festa da dedicação (1) ficção (1) filmes (1) filosofia (3) Flip Benham (1) fonte (1) fortalecimento (1) fundidor (1) Gálatas (1) graça (4) grupo de estudos (1) Gunnar Vingren (1) Habacuc (1) herege (1) heresia (4) heresias (2) Hernandes Lopes (2) história (1) história eclesiástica (3) igreja (3) igreja brasileira (3) Igreja Fiel (4) Imael Brito (1) imperialismo (1) Institutas (1) Isaías (1) Islamismo (1) Israel (3) Jerusalém (1) João Cruzué (1) John Wesley (1) Josenilson Félix (5) jugo desigual (1) juízo (1) Julgamento (1) Keith Coward (1) Kelem Gaspar (1) leões (1) linguagem cristã (1) Línguas estranhas (3) livramento (1) livre-arbítrio (9) livro da vida (1) Luciano Subirá (2) Lutero (4) maçã (1) madrugada (1) Marcelo Lyrio (2) marxismo (1) matrimônio (1) Max Lucado (1) Melquisedeque (2) Menno Simons (1) milagre (2) missionários (1) missões (10) missões transculturais (1) mitos (1) Moisés (1) morte de Cristo (2) mulher (1) Mundanismo (2) Natal (2) Nietzsche (1) Norman Geisler (1) novo testamento (1) obreiros (2) Oração (3) Oriente Médio (1) Palavra (3) palavra revelada (3) pão (1) parlamento (1) Paulo Junior (1) paz (1) Pecado (2) pedobatismo (1) peixe (1) pentecostais (2) Pentecostalismo (2) perdão (1) perseguição (1) personagens (1) piedade (1) pobre (1) prata (1) Predestinação (6) pregação expositiva (2) Pródigo (1) Profecia (3) questionamentos (1) razão (1) razão humana (2) Reforma Protestante (5) refugiados (1) Relacionamento (1) religiosidade (1) remédio (1) renovados (1) repreensão (1) revelação (2) rico (1) sabedoria (1) sacerdote (1) sacrifício de Jesus (1) salmos (2) Salvação (9) Samoa (1) Sandro L. Oliveira (1) sangue de Jesus (1) Santificação (1) Século XXI (1) serpente (1) Silas Daniel (1) simplicidade (1) soberania de Deus (2) Sofia Müller (1) sola scriptura (1) soldado (1) soteriologia (3) Spurgeon (3) Susanna Wesley (1) Teologia (9) Teologia Pentecostal (1) terrorismo (1) terroristas (2) testemunho (1) Tiago Rosas (5) titanic (1) Tony Sousa (1) verdade (1) Versículos Bíblicos (1) vida (1) vida cristã (12) vídeo (1) vídeos (1)