O BATISMO COM FOGO E O CALVINISMO


ELES ESTÃO CORRETOS NESTA QUESTÃO!
O QUE JOÃO CALVINO E ALGUNS CALVINISTAS DISSERAM SOBRE ...



“vos batizará... com fogo” (Mateus 3.11; Lucas 3.16)

Não tratamos aqui da subsequencialidade do batismo no Espírito Santo à regeneração, nem da questão da evidência inicial do batismo no Espírito Santo, as línguas, conforme o Pentecostalismo clássico. Nosso intuito é apenas apresentar posicionamentos de expoentes calvinistas sobre a expressão “batismo no Espírito Santo e fogo” como sendo referência a um único batismo e para crentes, ou, no máximo, um único batismo com dupla aplicação: o fogo que purifica o crente, mas também condena o incrédulo. Assim, provamos: 1. Que a compreensão do batismo com Espírito Santo e fogo como uma benção para crentes não é uma abordagem pentecostal inédita (século XX); 2. Que há uma possibilidade interpretativa legítima e tradicionalmente abraçada pelo pentecostalismo clássico (embora não unanimemente), mas que nem de longe lhe é exclusiva, sendo antes partilhada por outras escolas teológicas, inclusive não pentecostais. 

JOÃO CALVINO (1509-1564)

“O que, pois, João quis dizer ao afirmar que ele certamente batizava com água, mas que logo Cristo viria batizando com o Espírito Santo e com fogo [Mt 3.11; Lc 3.16]? (...) ele comparou sua pessoa com a pessoa de Cristo, dizendo ser ele ministro da água; Aquele é o doador do Espírito Santo; e este poder ele manifestaria com um milagre visível no dia em que enviasse o Espírito Santo aos apóstolos em forma de línguas de fogo [At 2.3]” (Institutas, 4.15.8)

“Assim, no dia de Pentecostes se diz que os apóstolos se lembraram das palavras do Senhor acerca do batismo de fogo e do Espírito [At 1.5]” (Institutas, 4.15.18)

“(...) batizar pelo Espírito Santo e pelo fogo equivale a conferir o Espírito Santo, o qual na regeneração tem a propriedade e a natureza do fogo” (Institutas, 4.15.25)

“A palavra fogo é adicionado como um epíteto, e é aplicado ao Espírito, porque ele tira as nossas poluições, como o fogo purifica o ouro. Da mesma forma, ele é metaforicamente chamado de água em outra passagem (João 3.5)” (Comentário de Mateus 3.11).
   
MATTHEW HENRY (1662-1714)

“Aqueles que são batizados com o Espírito Santo, são batizados como que com o fogo. Os sete espíritos de Deus aparecem como sete lâmpadas de fogo (Ap 4.5). O fogo ilumina? Também o Espírito é um Espírito que ilumina. O fogo aquece? E os corações não queimam dentro deles? O fogo consome? E o Espírito de julgamento, como um Espírito que arde, não consome as impurezas das corrupções dos pecadores? O fogo torna tudo o que alcança semelhante a si? E se move para o alto? Também o Espírito torna a alma santa como Ele mesmo o é, e tende a se dirigir para o céu. Cristo diz: ‘Vim lançar fogo na terra’ (Lc 12.49) (...) João não consegue fazer nada, além de batizar ‘com água’, como símbolo de que eles se purificavam e se livravam das impurezas; mas Cristo pode, e irá, batizar ‘com o Espírito Santo’. Ele pode permitir que o Espírito limpe e purifique o coração, não somente como a água remove a sujeira do exterior, mas como o fogo expurga a sujeira do interior, e derrete o metal, para que possa ser usado em um novo molde” (Comentário Bíblico Matthew Henry, Novo Testamento, vol. 5 [comentários de Mateus 3.11 e Lucas 3.16], CPAD)

D.A. CARSON (1946-)

“Muitos veem isso como um duplo batismo, um no Espirito Santo para o justo e outro no fogo para o impenitente (cf. o trigo e a palha no v. 12). (...) Há bons motivos, contudo, para falar de ‘fogo’, junto com o Espirito Santo, como agente purificador. As pessoas a quem João se dirige estão sendo batizadas por ele; elas, provavelmente, arrependeram-se. Mais importante, a preposição em (‘com’) não é repetida antes de fogo: uma preposição governa o ‘Espirito Santo’ e o ‘fogo’, e isso normalmente sugere um conceito unificado, Espirito-fogo, ou algo semelhante (cf. M. J. Harris, DNTT, 3:1178; Dunn Baptism [Batismo], p. 10-13). No Antigo Testamento, fogo, com frequência, tem uma conotação purificadora, não destrutiva (e.g., Is 1.25; Zc 13.9; Ml 3.2,3). O batismo de água de João relaciona-se com arrependimento; mas aquele de quem ele prepara o caminho administrara o batismo de Espirito-fogo que purifica e refina a pessoa”  (O comentário de Mateus, p. 135, Shedd Publicações)

HERNANDES DIAS LOPES

“Deus é fogo. Sua Palavra é fogo. Ele faz dos seus ministros labaredas de fogo. Jesus batiza com fogo, e o Espírito desceu em línguas como de fogo. O fogo ilumina, purifica, aquece e alastra. Jesus veio para lançar fogo sobre a terra. Hoje, muitas vezes, a igreja está fria. Parece mais uma geladeira a conservar intacto seu religiosismo do que uma fogueira a inflamar corações. Muitos crentes parecem mais uma barra de gelo do que uma labareda de fogo. Certa feita alguém perguntou a Dwight Moody: ‘Como podemos experimentar um reavivamento na igreja?’. O grande avivalista respondeu: ‘Acenda uma fogueira no púlpito’. Quando gravetos secos pegam fogo, até lenha verde começa a arder. (...) O Espírito, como o fogo, derrete o coração, separa e queima a escória, e acende sentimentos santos e devotos na alma. É na alma, como o fogo que está sobre o altar, que são oferecidos os sacrifícios espirituais. Este é o fogo que Jesus veio lançar na terra (Lc 12.49)” (Atos: a ação do Espírito Santo na vida da Igreja, p. 53,54, Hagnos)

Quem quiser criticar a hermenêutica pentecostal, está livre para fazê-lo. Mas antes de criticar o posicionamento clássico do Pentecostalismo que defende e prega o batismo com Espírito Santo e fogo como uma dádiva de Cristo para a igreja, lembrem-se que até João Calvino cria assim também!

Fonte: Tiago Rosas- Facebook– (clique no link para ver a postagem original).

A pessoa de Cristo (1) A.W. Tozer (3) aborto (1) Abraão (2) adventismo (2) adversário (1) Ágape (1) Agostinho (2) águas (1) Albânia (1) Além da Letra (2) alforria (1) aliança (1) Amor (1) Anjos (1) Antigo testamento (1) Antonio Gilberto (2) apocalipse (3) apologética (2) apostasia (1) arminianismo (5) Arrebatamento (2) arrependimento (1) Àsia (1) Ásia Central (1) Assembléia de Deus (2) Auschwitz (1) autoridade (1) Auxílio ao Obreiro (1) avião (1) batatas (1) Batismo com Espirito Santo (2) batismo com Espírito Santo (1) batismo infantil (1) batismo no Espirito Santo (1) BBC (1) bebida alcoólica (2) Ben Gurion (1) Bençãos (1) besta (1) bíblia sagrada (2) Bíblia x Ciência (1) Biblicamente (2) bibliologia (1) Billy Graham (1) Blog Belverede (1) bois (1) brecha (1) Brenda B. Colijn (1) Bruno Rocha (1) calvário (1) CALVINISMO (25) calvinistas (1) Calvino (4) cananeus (1) carpinteiro (1) carta (1) carta de Judas (1) casamento (1) Castellion (1) certo (1) cerveja (1) cessacionismo (4) Ciro Zibordi (12) clamor (1) Claudionor de Andrade (2) colheita (1) comportamento (5) confraria pentecostal (1) Conhecimento (1) continuismo (1) conversão (1) convite (2) Corpo de Cristo (1) CPAD (1) cristãos (1) cristianismo (3) cruz (1) Daladier Lima (3) Dan Corner (1) Daniel Santos (31) Dave Hunt (2) Davi (1) David Botelho (5) David Cloud (1) Deus Conosco (1) devocional (6) diaconisas (1) diálogo (1) dizimo (1) dízimo (2) domingo (1) Dons Espirituais (13) Douglas Batista (1) Doutrina Pentecostal (1) Doxologia (1) eleição (3) Elias (1) Elisabeth I (1) Eliseu Antonio Gomes (1) Eliseu Gomes (2) enganador (1) ensino (1) equívocos religiosos (2) errado (1) erudição (1) escórias (1) escravatura (4) Esmirna (2) estudos de domingo (1) eternidade (1) ética cristã (1) EUA (1) evangelho (5) evangelicalismo (1) evangelismo (1) exegese (1) Experiência (1) expressões idiomáticas (1) família (4) família Cristã (3) fariseus (1) (2) felicidade (1) Festa da dedicação (1) ficção (1) filmes (1) filosofia (4) fim (1) Flip Benham (1) fonte (2) fortalecimento (1) fundidor (1) Gálatas (1) graça (4) grupo de estudos (1) Gunnar Vingren (1) Habacuc (1) herege (1) heresia (4) heresias (2) Hernandes Lopes (1) história (3) história eclesiástica (3) igreja (4) igreja brasileira (3) Igreja Fiel (4) igreja primitiva (1) Imael Brito (1) imperialismo (1) Inglaterra (1) interpretação (3) investigação (4) Isaías (2) Islamismo (1) Israel (4) Jerusalém (1) João Cruzué (1) Josenilson Félix (8) Jourdon Anderson (1) jugo desigual (1) juízo (1) Julgamento (2) Keith Coward (1) Kelem Gaspar (1) leitura (1) leões (1) liberalismo teológico (1) linguagem cristã (1) Línguas estranhas (4) livramento (1) livre-arbítrio (11) livro da vida (1) Luciano Subirá (2) Lutero (4) maçã (1) madrugada (2) Marcelo Lyrio (3) Marco Elias (37) marxismo (1) matrimônio (1) Max Lucado (1) Melquisedeque (2) Menno Simons (1) milagre (2) ministério (2) ministério feminino (2) missionários (1) missões (10) missões transculturais (1) mitos (1) Moisés (1) morte de Cristo (2) mulher (1) mulheres (2) Mundanismo (2) muro (1) Natal (2) nazismo (1) Nietzsche (1) noiva (1) Norman Geisler (2) Noruega (1) novo testamento (2) Obreiro Aprovado (1) Oração (5) Oriente Médio (1) ovelha (1) Palavra (3) palavra revelada (5) palha (1) pão (1) parlamento (1) pastor (1) pastores (1) Paulo Junior (1) paz (1) Pecado (2) pedobatismo (1) peixe (1) pentecostais (2) Pentecostalismo (3) perdão (1) perseguição (1) perseguições (1) personagens (1) piedade (1) pobre (1) prata (1) Predestinação (7) pregação expositiva (3) pregadores (1) Pródigo (1) Profecia (6) profecias (1) Promessas (1) questionamentos (5) razão (1) razão humana (2) recenseamento (1) Reforma Protestante (5) refugiados (1) Relacionamento (1) religião (1) religiosidade (1) remédio (1) renovados (1) repreensão (1) retórica (1) revelação (8) rico (1) sábado (2) sabedoria (1) sacerdote (1) sacrifício de Jesus (2) salmos (2) Salvação (13) Samoa (1) Sandro L. Oliveira (1) sangue de Jesus (2) santidade (1) Santificação (1) satélite (1) século XX (1) Século XXI (1) serpente (1) Silas Daniel (1) simplicidade (1) sinais (1) sinais do fim (1) Sinédrio (1) soberania de Deus (2) Sofia Müller (1) sola scriptura (1) soldado (1) soteriologia (6) Spurgeon (3) Susanna Wesley (1) Templo (1) Teologia (11) Teologia Pentecostal (1) terrorismo (1) terroristas (2) testemunho (1) Tiago Rosas (4) titanic (1) Tony Sousa (2) trigo (1) Vale (1) verdade (1) Versículos Bíblicos (1) vida (1) vida cristã (12) vídeo (2) vídeos (1) vinha (2) vinho (1) visão (1) whatsapp (1)