Você sabia ?

► A Bíblia Sagrada completa está traduzida em 563 idiomas falados mundo afora.

► O novo testamento da Bíblia Sagrada está disponível em 1.334 idiomas e os missionários e evangelistas conseguiram produzir mais 50 traduções em 2016.
Atualmente existem 2000 línguas que não possuem um único versículo bíblico traduzido. Estes dados foram disponibilizados pela Sociedade Bíblica do Brasil em relatório do ano de 2017.

► Você sabia que existem missionários (homens e mulheres) que se entregam a Deus e partem para outros ambientes em uma aventura, muitas vezes sem volta, a serviço do reino de Deus?

Você quer saber mais?
Em breve publicaremos entrevistas, comentários e histórias reais de pessoas que vivem pela obra de Deus e pela proclamação do nome de Cristo mundo afora...

A tecnologia chegou nos locais mais remotos da terra, mas a palavra de Deus ainda não chegou!

01DEZ - Dia Mundial de Evangelização Virtual
#VemPraNetEvangelizar
#EueoMeuSmartphoneServimosAoSenhor

Por Josenilson Félix



“Tira da prata as escórias, e sairá vaso para o fundidor.”    Pv. 24:5

INTRODUÇÃO

Este versículo fala da transformação de um metal bruto em um belo e reluzente utensílio, usado principalmente no templo, visto que os vasos utilizados nas casas, nos tempos bíblicos, normalmente eram de barro; já os de prata e ouro eram mais comuns no templo, utilizados nos atos do culto de adoração a Deus.

Essa transformação não é simples, pois há um processo trabalhoso e árduo até se chegar a um vaso brilhante e útil. Esse processo fala da conversão, onde Deus trabalha a vida do homem para que este seja um objeto usado para adoração ao Seu santo nome, e em Sua casa: o templo, a igreja.

DESENVOLVIMENTO

A prata normalmente é encontrada em jazidas subterrâneas, então o artífice que trabalha com esse precioso metal precisa cavar com persistência para encontrá-lo.

Nós estávamos nesse estado quando o Senhor nos encontrou, enterrados nesse mundo, enterrado nos vícios, enterrados no pecado, mas o Senhor nos extraiu de lá com Suas fortes mãos.

A prata é encontrada de uma forma que tecnicamente chamamos de “hábito dendrítico”, isto significa: cheia de pontas, farpas, hastes, por vezes ferindo as mãos de quem a encontra.

Foi assim que o Senhor nos encontrou neste mundo, cheios de problemas, dificuldades, ferindo a Deus com nossos atos e palavras. Mas o Senhor trabalhou na nossa vida com amor e paciência.

O PRIMEIRO ESTÁGIO - A ÁGUA

Este nobre metal quando retirado do chão, vem cheio de torrões de terra. É quando o paciente fundidor usa água para retirar essas impurezas.

Essa lavagem, fala de uma operação de Deus para retirar as coisas desta terra, o pecado, da vida do homem.

Naamã que fora acometido pela lepra (que representa o pecado), recebe do profeta Eliseu o seguinte recado de Deus: Lava-te sete vezes no Rio Jordão. Após essa lavagem Naamã ficou curado de sua enfermidade e foi considerado limpo pela sociedade da época (II Re. 5:10).

Davi em um dos seus salmos diz: Lava-me completamente da minha iniquidade (Sl. 51:2).

Em Ef. 5:26-27 lemos: Para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra, para apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula.

Fomos lavados, purificados e hoje somos novas criaturas.

O SEGUNDO ESTÁGIO - O FOGO

Depois da água a prata vai ao fogo para que haja a separação de outros metais que vem misturado a sua estrutura, muitas vezes imperceptíveis a olho nu.

O mais comum é o chumbo, e essa separação é feita em um recipiente chamado crisol (Pv. 17.3).

Só o fogo do Espírito Santo tem poder para tirar do homem as coisas ruins que estão entranhadas no seu interior, e assim como fogo purifica a prata, o Espírito Santo purifica o interior do homem, o coração e a mente, tirando aquilo que não tem valor para Deus, aquilo é chumbo, que é peso, que puxa o homem para baixo.

O TERCEIRO ESTÁGIO - A MOLDAGEM

Após a fundição do metal há um detalhado processo de moldagem, até dar a forma desejada de acordo com a finalidade deste vaso.

Deus trabalha na vida do homem a fim de usá-lo em Suas mãos e em Sua casa, e assim como existem vários formatos e tamanhos, Deus usa pessoas diferentes, de forma diferente, cada um como Lhe apraz.

Somos moldados pelas mãos do Criador, é Ele quem dá a forma, Ele sabe a nossa utilidade em Sua obra, em Sua casa; essa escolha não é nossa, pois Ele tem a fôrma certa para cada um de nós, sabe a nossa capacidade, a nossa estrutura.

CONCLUSÃO

Jesus foi vendido por 30 moedas de prata . Por quê não foi outro metal?

A palavra Prata no original Hebraico é Kopher. Significa "Pálido como um homem que perdeu todo o seu Sangue"
Conhecedor deste processo, o escritor diz: “Tira da prata as escórias, e sairá vaso para o fundidor”.

Deus não faz do homem um vaso em Suas mãos se há escórias, se há pecado, se há impureza, então Ele trabalha na nossa vida fazendo essa transformação.

E como é maravilhoso ser um vaso de bênçãos nas mãos do Senhor, ser vaso cheio do Espírito Santo.

Diácono Josenilson Felix


Por Blogagens & Blogueiros



AGOSTINHO DE HIPONA

DEFENSOR DA VIRGINDADE PERPÉTUA DE MARIA

“Permaneceu virgem concebendo seu Filho, Virgem ao dá-lo à luz, Virgem ao carregá-lo, virgem ao alimentá-lo em seu peito, sempre virgem.” (Sermão 186)

“Hereges chamados Antidicomarites são aqueles que contradizem a virgindade perpétua de Mariae afirmam que Cristo nasceu depois que ela se juntou a um com o seu marido” (Heresias 56)

DEFENSOR DO PURGATÓRIO E DA ORAÇÃO PELOS MORTOS

“Deve haver algum fogo mesmo depois desta vida não é incrível, e pode ser examinado e quer ser descoberto ou deixado escondido se algum dos fiéis pode ser salvo, alguns um pouco mais lentamente e outros um pouco mais rapidamente em maior ou menor grau em que amava as coisas boas que perecem, por meio de um certo fogo purgatórial”. (Cidade de Deus XXI)

“Nós lemos nos livros dos Macabeus [II Mac. 12, 43] que o sacrifício foi oferecido pelos mortos. Mas mesmo que não fosse encontrado nada nos escritos do Antigo Testamento, a autoridade da Igreja Católica, que é claro sobre este ponto não tem um peso pequeno, onde nas orações do padre derramou ao Senhor Deus em seu altar o elogio dos mortos tem seu lugar” (O cuidado com os mortos 1, 3).

O BATISMO QUE LAVA TODOS OS PECADOS AO INVÉS DO SANGUE DE CRISTO

“O Batismo lava todos, absolutamente todos, os nossos pecados, seja de ação, palavra ou pensamento, seja original ou pecados acrescentados, seja consciente ou inconscientemente contraídos.” (Contra duas cartas dos pelagianos 3, 3:5).

DEFENSOR DAS HERESIAS DA IGREJA DE ROMA

“Esta Igreja é santa, a única Igreja, a verdadeira Igreja, a Igreja Católica, lutando como o faz contra todas as heresias. Ela pode lutar, mas não pode ser vencida. Todas as heresias são expelidas dela, como galhos inúteis são podados de uma vinha. Ela permanece fixa à sua raiz, em sua vinha, em seu amor. As portas do inferno não a conquistarão.” (S. Agostinho, Sermão aos Catecúmenos sobre o Credo, 6,14, 395 D.C).

“É óbvio que se a fé permite e a Igreja Católica aprova, então deve ser crido como verdade” (Santo Agostinho, Sermão 117,6).

“Não vamos ouvir aqueles que negam que a Igreja de Deus é capaz de perdoar todos os pecados. Eles estão errados, porque eles não reconhecem em Pedro a Rocha e eles se recusam a acreditar que as chaves do céu, a partir de suas próprias mãos, foram entregues à Igreja.” (Christian Combat, 31:33(A.D. 397), in JUR,3:51)

"Fora da Igreja Católica pode encontrar-se tudo, menos a salvação. Pode-se ter honra, pode haver Sacramentos, pode cantar-se o 'Aleluia', pode responder-se o 'Amém', pode defender-se o Evangelho, pode ter-se fé no Pai, no Filho e no Espírito Santo e, inclusive, até pregá-la. Mas nunca, se não for na Igreja Católica, pode encontrar-se a salvação." (Sermão ao povo de Cesareia - 6)

DEFENSOR DA INFALIBILIDADE PAPAL

“Segundo ele [Santo Agostinho], a Igreja é o reino de Cristo, o Seu corpo místico e sua noiva, a mãe dos cristãos [Ep 34, 3; SERM 22, 09] Não há salvação fora dela; Cismáticos podem ter a fé e os sacramentos... mas não podem ter um uso benéfico, pois o Espírito Santo só é concedido na Igreja [de bapt 4, 24; 7:87; anúncio Serm Caes 6]... Isto vai sem dizer que Agostinho identifica a Igreja com a Igreja Católica universal de seu tempo, com sua hierarquia e os sacramentos, e com seu centro em Roma... Por meio do século V a Igreja Romana tinha estabelecido, de jure, bem como de facto, uma posição de primazia no Ocidente, e as reivindicações papais a supremacia sobre todos os bispos da cristandade havia sido formulada em termos precisos... o estudante traçando a história dos tempos, particularmente dos donatistas, Arianos, pelagianos e as controvérsias cristológicas, não pode deixar de ficar impressionado com a habilidade e persistência com que a Santa Sé [de Roma] ia continuamente avançando e consolidando as suas reivindicações. Desde que seu ocupante foi aceito como o sucessor de São Pedro, e príncipe dos apóstolos, era fácil tirar a conclusão da única autoridade que Roma, de fato tinha, e o que os papas viram concentrados em suas pessoas e seu ofício, não era mais do que o cumprimento do plano divino.” (Kelly, Patrística, Editora Vida Nova - páginas 412, 413, 417)


Por Obreiros & Obreiros



OS SETE SEGREDOS DA MENSAGEM

REVELADA

·         Jo 6: 63 - O Espírito é o que vivifica; a carne para nada aproveita; as palavras que eu vos tenho dito são espírito e são vida.

·         Jo 12: 49, 50 - Porque eu não tenho falado por mim mesmo, mas o Pai, que me enviou, esse me tem prescrito o que dizer e o que anunciar. E sei que o seu mandamento é a vida eterna. As coisas, pois, que eu falo, como o Pai mo tem dito, assim falo.

·         Gal 1: 11 a 12 - Faço -vos, porém, saber, irmãos, que o evangelho por mim anunciado não é segundo o homem, porque eu não o recebi, nem o aprendi de homem algum, mas mediante revelação de Jesus Cristo.

UNGIDA

·         Is 61: 1 - O Espírito do Senhor Deus está sobre mim, porque o Senhor me ungiu para pregar boas-novas aos quebrantados, enviou-me a curar os quebrantados de coração, a proclamar libertação aos cativos e a pôr em liberdade os algemados.
COM GRAÇA

·         II Co 12: 9 - Então, ele me disse: A minha graça te basta, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, mais me gloriarei nas fraquezas, para que sobre mim repouse o poder de Cristo.

OBJETIVA

·         Ecl 5: 2 - Não te precipites com a tua boca, nem o teu coração se apresse a pronunciar palavra alguma diante de Deus; porque Deus está nos céus, e tu, na terra; portanto, sejam poucas as tuas palavras.

·         Pv 15: 23 - O homem se alegra em dar resposta adequada, e a palavra, a seu tempo, quão boa é!

CURTA

·         Tg 1: 19 - Sabeis estas coisas, meus amados irmãos. Todo homem, pois, seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar.

·         Pv 25: 11 - Como maçãs de ouro em salvas de prata, assim é a palavra dita a seu tempo.

·         Is 50: 4 - O Senhor Deus me deu língua de eruditos, para que eu saiba dizer boa palavra ao cansado. Ele me desperta todas as manhãs, desperta-me o ouvido para que eu ouça como os eruditos.

 COM AUTORIDADE

·         Mt 7: 28, 29 - Quando Jesus acabou de proferir estas palavras, estavam as multidões maravilhadas da sua doutrina; porque ele as ensinava como quem tem autoridade e não como os escribas.

NÃO ENCHER AS OVELHAS, MAS DEIXÁ-LAS COM UM POUCO DE FOME

·         Êx 16: 4, 16 - Então, disse o Senhor a Moisés: Eis que vos farei chover do céu pão, e o povo sairá e colherá diariamente a porção para cada dia, para que eu ponha à prova se anda na minha lei ou não.

Eis o que o Senhor vos ordenou: Colhei disso cada um segundo o que pode comer, um gômer por cabeça, segundo o número de vossas pessoas; cada um tomará para os que se acharem na sua tenda.

OS SETE SEGREDOS DO MENSAGEIRO

VIDA NO ALTAR

·         Sl 43: 4 - Então, irei ao altar de Deus, de Deus, que é a minha grande alegria; ao som da harpa eu te louvarei, ó Deus, Deus meu.

·         Gên 8: 20 - Levantou Noé um altar ao Senhor e, tomando de animais limpos e de aves limpas, ofereceu holocaustos sobre o altar.

·         Gên 12: 8 - Passando dali para o monte ao oriente de Betel, armou a sua tenda, ficando Betel ao ocidente e Ai ao oriente; ali edificou um altar ao Senhor e invocou o nome do Senhor.

SABEDORIA E PRUDÊNCIA

·         Tg 1: 5 -  Se, porém, algum de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e nada lhes impropera; e ser-lhe-á concedida.

·         Tg 3: 17 - A sabedoria, porém, lá do alto é, primeiramente, pura; depois, pacífica, indulgente, tratável, plena de misericórdia e de bons frutos, imparcial, sem fingimento.

·         I Re 3: 9 - A teu servo, pois, dá um coração entendido para julgar a teu povo, para que prudentemente discirna entre o bem e o mal; porque quem poderia julgar a este teu tão grande povo?

·     Pv 9: 10 - O temor do Senhor é o princípio da sabedoria, e o conhecimento do Santo é prudência.

VIDA DE JEJUM, ORAÇÃO e VIGILÂNCIA

·         Mt 26:41 - Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca.

·        I Tess 5: 17 – Orai sem cessar.

·        I Pe 4: 7 - Mas já está próximo o fim de todas as coisas; portanto sede sóbrios e vigiai em oração.

LEITURA E MEDITAÇÃO DA PALAVRA

·         Sl 1: 2 – Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite.

·         Sl 119: 97-99 - Oh! quanto amo a tua lei! ela é a minha meditação o dia todo. O teu mandamento me faz mais sábio do que meus inimigos, pois está sempre comigo. Tenho mais entendimento do que todos os meus mestres, porque os teus testemunhos são a minha meditação.

·         Js 1: 8 - Não se aparte da tua boca o livro desta lei, antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido.

·     Mt 22: 29 – Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Errais não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus.

·         I Tim 4: 13 - Até que eu vá, aplica-te à leitura, à exortação, e ao ensino.

·         II Tim 2: 15 - Procura apresentar-te diante de Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.

OBEDIÊNCIA AO SENHOR

·     Gên 5: 24 -  Enoque andou com Deus; e não apareceu mais, porquanto Deus o tomou.

·         I Sm 15: 22 – Samuel, porém, disse: Tem, porventura, o Senhor tanto prazer em holocaustos e sacrifícios, como em que se obedeça à voz do Senhor? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar, e o atender, do que a gordura de carneiros.

·        Jó 23: 11 – Os meus pés se mantiveram nas suas pisadas; guardei o seu caminho, e não me desviei dele.

HUMILDADE

·         Pv 15: 33 - O temor do Senhor é a instrução da sabedoria; e adiante da honra vai a humildade.

·       I Pe 5: 5 e 6 – Semelhantemente vós, os mais moços, sede sujeitos aos mais velhos. E cingi-vos todos de humildade uns para com os outros, porque Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes. Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte;

SER O EXEMPLO DO REBANHO

·    Jo 13: 15 – Porque eu vos dei exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também.

·       I Tim 4: 12 – Ninguém despreze a tua mocidade, mas sê um exemplo para os fiéis na palavra, no procedimento, no amor, na fé, na pureza.

·       II Tim 4: 5 – Tu, porém, sê sóbrio em tudo, sofre as aflições, faze a obra de um evangelista, cumpre o teu ministério.

ESTRUTURA DA MENSAGEM

INTRODUÇÃO – Serve para situar os ouvintes dentro daquilo que vai ser pregado. Pode ser um fato histórico ou profético, ligado ao texto. Pode ser o contexto daquilo que vai ser pregado;

DESENVOLVIMENTO – É a apresentação da mensagem que está sendo pregada. É a explanação dos fatos que envolvem o assunto abordado, como uma parábola, o cumprimento de uma profecia, a realização de um milagre, uma operação de maravilha;

CONCLUSÃO - É a apresentação da revelação dentro do que foi pregado, é a aplicação do ensino revelado sobre o assunto abordado na mensagem. É mostrar aquilo que está além da letra.

Por Tony Sousa

É comum a atribuição aos pentecostais de algumas atitudes que sempre foram combatidas pelo movimento. São elas:

1. Ênfase na experiência sobre a Escritura. Os pentecostais sempre valorizaram a experiência como um antídoto contra o cristianismo nominal e o formalismo no culto. Mas ela nunca foi colocada acima da Escritura. Antes, a própria Bíblia estabelece os modelos de experiências segundo a vontade de Deus. A Bíblia é a fonte das doutrinas, bem como da direção de Deus aos Seus filhos.

2. Falta de critério na avaliação das experiências. Pentecostais sempre foram ensinados que nem toda experiência vem de Deus. Prudência, discernimento e avaliação das manifestações espirituais à luz da Palavra são atitudes constantemente incentivadas.

3. Valorização dos dons em detrimento de uma vida piedosa. Embora este perigo sempre esteja presente, o alerta sobre ele é tão antigo quanto o próprio movimento pentecostal. Os pentecostais são ensinados que os dons não são atestado de santidade; que a frequência e a intensidade de manifestações espirituais jamais substituirão uma vida piedosa; e que, embora dons e o fruto do Espírito sejam desejáveis e importantes, o último têm primazia. "Sem santificação ninguém verá o Senhor" é um alerta comum entre nós.

4. Há um abismo entre a teologia pentecostal e a prática pentecostal. Muitos críticos do pentecostalismo até concedem que eruditos pentecostais ensinem o que foi afirmado acima, mas dizem que na prática os pentecostais levam sua vida de modo contrário ao que foi dito. Nada mais enganoso.

5. Todo culto de cristãos pentecostais é totalmente desorganizado e não há pregação expositiva. Mais outra mentira. Alguns denominacionalistas possuem a mania de canonizar a sua denominação e demonizar as demais. Assim as bizarrices e palhaçadas de auditório promovidas por alguns desordeiros são tomadas como parte integrante do pentecostalismo clássico. É óbvio que hoje (infelizmente) a maioria das igrejas pentecostais estão aderindo as novidades próprias do neopentecostalismo, todavia ainda existem raras exceções, são igrejas locais totalmente fiéis ao movimento pentecostal clássico original.

O grande problema é que a maioria esmagadora dos propagadores de espantalhos tiveram pouco ou nenhum contato com igrejas pentecostais. Embasam suas posições em fatos pontuais, episódios infelizes, ou na própria desilusão com o neopentecostalismo. Mas para os pentecostais, a vivência na fé com suas experiências e manifestações deve ser bíblica e cristocêntrica. Esta é a regra, não a exceção.

Existem outros pregadores que possuem a “cara de pau” de mentir no púlpito quanto ao caráter do próximo, usando termos pejorativos e “indiretas” referindo-se aos “pseudo pentecostais da internet”, mas duvido que os mesmos possuam o hábito de visitar algum aglomerado (favela) para evangelizar, tal qual os supracitados “pseudo pentecostais sempre o fazem, cumprindo a ordem de Cristo de entrar pelos becos e valados a convidar pecadores.

(Autoria Desconhecida)

Um cristão estava procurando uma igreja perfeita para congregar e resolveu ligar para o apóstolo Paulo para ter uma orientação:

– Alô!  É o Apostolo Paulo?
– Sim, é ele!
– A graça e paz!
– A graça e paz!
-Desculpe o incômodo Apóstolo, mas estou precisando da sua ajuda
– Pois não!

– Preciso de ajuda na minha vida cristã, andei me decepcionando com muita coisa na igreja a qual pertenço e estou naquela fase “self service”. Estou escolhendo uma Igreja perfeita para eu congregar. Gostaria de ter informações sobre algumas Igrejas.
– Pois não, se eu puder lhe ajudar!

– Me diga uma coisa, estou pensando em congregar em Corinto, seria ela uma igreja perfeita?
– Olha, a Igreja de Corinto tem grupinhos ( I Cor. 1:12), tem inveja, contendas ( I Cor. 3:3), brigas na justiça ( ICor. 6), tem fornicários (I Cor. 5).

– Misericórdia! E a Igreja de Éfeso?
– Foi uma Igreja alicerçada na palavra ( At. 20:27), mas ultimamente tem muita gente sem amor por lá. ( Ap. 2:4)

– Então penso em ir congregar em Tessalônica.
– Tessalônica! Tem alguns que andam desordenadamente e não gostam de trabalhar ( II Ts. 3:11)

– Misericórdia! Está difícil irmão Paulo! E se eu for para a Igreja de Filipos?
– Filipos é até uma igreja boa, mas tem algumas notas destoantes. Tem duas irmãs lá; uma se chama Evódia e a outra Síntique (Fp. 4:2) que se desentenderam e estão sem conversar uma com a outra.

– Mas porque Irmão Paulo?
– Não sei bem, acho que foi por causa do uniforme da festa da União Feminina da Igreja de Filipos!

– Então acho que vou mudar para Colossos e vou congregar lá o que você acha?
-Olha, em Colossos o problema é doutrinário, tem uns hereges que estão querendo rebaixar a pessoa de Cristo dizendo que ele não é Deus. O negócio está tão feio lá que estão até realizando culto aos anjos (Cl.  2:18).

– Meu Deus! E se eu for para a Galácia?
– Olha, na Galácia tem crentes se mordendo e devorando uns aos outros ( Gl. 5:15)

– Meu Deus! Realmente está difícil, entrei em contato com o Apóstolo João porque pensei em congregar em Tiatira, mas ele me disse que lá é uma Igreja tolerante. Tem tolerado uma mulher que se diz profetisa e tem ensinado a se prostituir e comer sacrifícios de idolatria (Ap. 2:20). Pensei em ir para Laodicéia mas João me disse que lá eles são muito indiferentes, são mornos (Ap. 3:16). Depois pensei em congregar em Pérgamo, mas João me disse que lá tem algumas doutrinas estranhas, a doutrina de Balaão (Ap. 2:14) e dos nicolaítas (Ap. 2:15). Sabe Paulo, já pensei em ir para a Igreja Sede em Jerusalém, mas, lá  está cheio de preconceituosos com os gentios (Gl. 2:12,13). Fiquei sabendo que já teve muita murmuração por lá (At. 6:1) e crente duas caras (At. 5). Creio que se chamavam Ananias e Safira, salvo engano… É irmão Paulo, realmente está difícil. Qual a solução? Me dá uma orientação!

– É simples. A Igreja do lado humano é imperfeita, mas Deus está trabalhando. Você se esqueceu do que escrevi aos Efésios: … para apresentar a si mesmo Igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas, santa e irrepreensível (Ef. 5:27). E breve estaremos na Igreja perfeita, a igreja dos primogênitos, que estão inscritos nos céus (Hb. 12.23). Dou-lhe um conselho: Não procure uma Igreja perfeita, mas procure uma igreja bíblica!

– Então está bem Irmão Paulo! Obrigado! Vou ler mais a Bíblia. Mesmo condenando tais práticas estou reconhecendo que não há Igreja perfeita enquanto estivermos aqui. Mas mesmo reconhecendo suas imperfeições não abandonarei a comunhão entre os irmãos e procurarei fazer a minha parte vivendo uma vida cristã autêntica esperando a volta de Jesus! Obrigado Apóstolo Paulo.

-Disponha!


Por Grupo Escola Bíblica Virtual



“Pois Aquele que requer O Sangue lembra-se deles, e não se esquece do clamor dos aflitos.”

Toda oração é dirigida ao Pai em nome do Filho. Por isso nós clamamos ao Senhor, pelo Sangue de Jesus. E nunca clamamos ao Senhor pelo seu sangue, porque Ele não tem sangue; e não clamamos a Jesus, porque tudo o que pedimos é ao Pai e não ao Filho;

Na glorificação, nós glorificamos ao Pai, pelo Sangue de Jesus, pelos mesmos motivos acima.

Nas reuniões de oração ou do grupo de intercessão, nós só clamamos no início da reunião.  Por isso em todas as demais orações não é preciso clamar de novo porque já estamos em comunhão com O Senhor.

Na consulta à Palavra nós sempre clamamos pelo Sangue de Jesus, mesmo que já tenhamos clamado no início da reunião ao do culto.

No início do culto ou de qualquer reunião é necessário o clamor.  Sem ele não há perdão de pecados, não há comunhão e O Senhor não se faz presente em nosso meio.

Sempre clamamos quando sentimos que a comunhão foi quebrada por algum motivo qualquer:
Diante de uma dificuldade, luta ou prova;
Quando ouvimos ou falamos algo fora do Espírito;
Quando vimos algo que atrapalhou a comunhão;

Juízo e Justiça:  O Sangue de Jesus é justiça para o que crê e juízo para o que não crê.  E Ele é santo.  Por isso não se deve clamar em vão, como o homem que não conhece ao Senhor fala em alta voz das ruas, em público, na televisão... escandalizando assim o Nome do Senhor e trazendo juízo sobre sua própria cabeça.
Devemos nos lembrar do mar vermelho em Êxodo:  Ele é tipo do clamor pelo Sangue de Jesus, porque trouxe livramento ao povo do Senhor (justiça), mas trouxe morte ao exército Egípcio (juízo).


Pergunta básica: PORQUE DEVEMOS CLAMAR PELO SANGUE?

Resposta: Porque o Senhor revelou para a sua Obra.

1 - O valor do sangue para Deus:
     Lv. 17:11“...porquanto é o sangue que fará expiação pela alma “.
     Hb. 9:22 “Sem derramamento de sangue não há remissão “.

2 - Porque Deus aceita somente o sangue de Jesus?
     Jo. 1:29 - “Eis o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo “.
     Pe.1:18-19 - “o precioso sangue de Cristo, como de cordeiro imaculado e incontaminado”
                           
3 - O que o sangue de Jesus faz pelo homem:
      a) Justificação diante de Deus - Rom. 5:9
      b) Dá paz com Deus   - Col. 1:20
      c) Aproxima-nos de Deus - Ef. 2:13
      d) Purifica de todo pecado - I Jo. 1:7, Ap. 1:15
      e) Introduz na presença de Deus - Hb.10: 19-20)
      f) Dá vitória contra o nosso acusador - Ap. 12: 10-11

4 - Porque devemos clamar permanentemente?
I Jo 1:7 - “Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós. Se confessarmos os nossos pecados ...”.

O que é clamor?

Clamor pelo sangue NÃO é um grito no qual pretendemos “usar” o poder do sangue de Jesus.

Clamor pelo sangue de Jesus é uma oração a Deus, uma súplica, principalmente, no coração, na   qual pedimos que o Pai nos conceda sua benção pelos méritos do sangue de Jesus.


Marcadores

A.W. Tozer (3) aborto (1) Abraão (2) adversário (1) Ágape (1) Agostinho (2) Albânia (1) Amor (1) Anjos (1) Antigo testamento (1) Antonio Gilberto (2) apocalipse (3) apostasia (1) arminianismo (5) Arrebatamento (1) arrependimento (1) Àsia (1) Ásia Central (1) Assembléia de Deus (2) Batismo com Espirito Santo (2) batismo com Espírito Santo (1) batismo infantil (1) batismo no Espirito Santo (1) bebida alcoólica (2) Ben Gurion (1) bíblia sagrada (1) Biblicamente (1) Billy Graham (1) Blog Belverede (1) Brenda B. Colijn (1) CALVINISMO (24) calvinistas (1) Calvino (4) cananeus (1) carta de Judas (1) casamento (1) Castellion (1) certo (1) cerveja (1) cessacionismo (3) Ciro Zibordi (12) Claudionor de Andrade (1) colheita (1) comportamento (5) confraria pentecostal (1) Conhecimento (1) continuismo (1) conversão (1) Corpo de Cristo (1) CPAD (1) cristãos (1) cristianismo (3) Cristo (1) cruz (1) Daladier Lima (3) Dan Corner (1) Daniel Santos (28) Dave Hunt (2) David Botelho (5) David Cloud (1) Deus Conosco (1) devocional (6) diálogo (1) dizimo (1) dízimo (2) Dons Espirituais (9) Douglas Batista (1) Doutrina Pentecostal (1) eleição (3) Elias (1) Eliseu Antonio Gomes (1) Eliseu Gomes (2) enganador (1) ensino (1) equívocos religiosos (2) errado (1) erudição (1) escórias (1) Esmirna (2) EUA (1) evangelho (4) evangelicalismo (1) Experiência (1) expressões idiomáticas (1) família (4) família Cristã (3) (2) felicidade (1) Festa da dedicação (1) ficção (1) filmes (1) filosofia (3) Flip Benham (1) fonte (1) fortalecimento (1) fundidor (1) Gálatas (1) graça (4) grupo de estudos (1) Gunnar Vingren (1) Habacuc (1) herege (1) heresia (4) heresias (2) Hernandes Lopes (2) história (1) história eclesiástica (3) igreja (3) igreja brasileira (3) Igreja Fiel (4) Imael Brito (1) imperialismo (1) Institutas (1) Isaías (1) Islamismo (1) Israel (3) Jerusalém (1) João Cruzué (1) John Wesley (1) Josenilson Félix (5) jugo desigual (1) juízo (1) Julgamento (1) Keith Coward (1) Kelem Gaspar (1) leões (1) linguagem cristã (1) Línguas estranhas (3) livramento (1) livre-arbítrio (9) livro da vida (1) Luciano Subirá (2) Lutero (4) maçã (1) madrugada (1) Marcelo Lyrio (2) marxismo (1) matrimônio (1) Max Lucado (1) Melquisedeque (2) Menno Simons (1) milagre (2) missionários (1) missões (10) missões transculturais (1) mitos (1) Moisés (1) morte de Cristo (2) mulher (1) Mundanismo (2) Natal (2) Nietzsche (1) Norman Geisler (1) novo testamento (1) obreiros (2) Oração (3) Oriente Médio (1) Palavra (3) palavra revelada (3) pão (1) parlamento (1) Paulo Junior (1) paz (1) Pecado (2) pedobatismo (1) peixe (1) pentecostais (2) Pentecostalismo (2) perdão (1) perseguição (1) personagens (1) piedade (1) pobre (1) prata (1) Predestinação (6) pregação expositiva (2) Pródigo (1) Profecia (3) questionamentos (1) razão (1) razão humana (2) Reforma Protestante (5) refugiados (1) Relacionamento (1) religiosidade (1) remédio (1) renovados (1) repreensão (1) revelação (2) rico (1) sabedoria (1) sacerdote (1) sacrifício de Jesus (1) salmos (2) Salvação (9) Samoa (1) Sandro L. Oliveira (1) sangue de Jesus (1) Santificação (1) Século XXI (1) serpente (1) Silas Daniel (1) simplicidade (1) soberania de Deus (2) Sofia Müller (1) sola scriptura (1) soldado (1) soteriologia (3) Spurgeon (3) Susanna Wesley (1) Teologia (9) Teologia Pentecostal (1) terrorismo (1) terroristas (2) testemunho (1) Tiago Rosas (5) titanic (1) Tony Sousa (1) verdade (1) Versículos Bíblicos (1) vida (1) vida cristã (12) vídeo (1) vídeos (1)